Buscar

Reunião - ATMT e Superintendência da SPU em SC

Nesta terça, dia 03/09, reuniram-se em Florianópolis, na sede da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), seu Superintendente e representantes da ATMT.


O objetivo da reunião, além de abrir um canal de diálogo com a SPU, também foi o de esclarecer muitas dúvidas sobre a demarcação dos terrenos de marinha no bairro Trindade.



Foto: Nabih Henrique Chraim - Superintendente SPU, Carlos José Bauer - Superintendente Substituto SPU, Elisete Pacheco - Presidente ATMT, Ana Cláudia Caldas - Diretora Social ATMT, Lilian Bussolini - Diretora de comunicação ATMT, Volnei Ventura - Tesoureiro ATMT e João Manoel do Nascimento - Advogado ATMT

Os representantes da ATMT levaram ao Superintendente, Sr. Nabih Chraim , as incertezas e temores dos proprietários de imóveis atingidos pela demarcação, o qual se mostrou sensível a esse problema e aberto ao diálogo para com as comunidades atingidas.

Entretanto, ficou claro que os atingidos terão que efetivamente trazer argumentos de natureza técnica e jurídica fortes para modificar a nova demarcação (que ainda é provisória).


Uma das afirmações feitas neste encontro é que a demarcação somente será alterada DEPOIS das impugnações individuais. Isto é, não existem chances de que os mapas provisórios sejam alterados antes das notificações que cada atingido receberá em breve.


Do mesmo modo, o superintendente firmou o compromisso de trazer nota técnica explicando os impactos da nova demarcação, caso ela não seja modificada pelas defesas individuais. Por meio de pronunciamento oficial, serão tiradas dúvidas recorrentes em condomínios, onde muitos proprietários são atingidos nas "áreas comuns" por esta nova demarcação.

111 visualizações0 comentário